El soroche, o “mal das alturas” – o que é, quais as causas e sintomas e como lidar

Obs.: Este não é um post escrito por um médico especialista, 
todas as informações são baseadas em minhas experiências 
pessoais.

O soroche, mal das alturas, mal das montanhas ou apunamiento é o mal que nos acomete quando vamos a lugares de muita altitude, devido à baixa pressão atmosférica e ao ar rarefeito. Normalmente são sintomas como cansaço extremo, dor de cabeça, náusea, tontura, taquicardia, dificuldade para respirar e desmaio em casos mais extremos. A intensidade e duração desses sintomas costuma variar de pessoa para pessoa. Os principais fatores são o condicionamento físico e o nível da altitude. Algumas pessoas já começam a sentir aos 2.400 metros, após os 4.ooo metros o difícil é encontrar alguém que não sinta nada. Os primeiros sintomas começam a ser sentidos por volta de 4 horas após a sua chegada e após o segundo ou terceiro dia nosso corpo já começa a se adaptar e aos poucos vamos nos acostumando.

Não subestime o soroche, pois não estar preparado pode estragar a sua viagem. O maior erro nesses casos é achar que nada vai lhe acontecer. Por isso listarei abaixo algumas precauções que você deve tomar antes de viajar e formas de aliviar o mal-estar.

Antes de viajar

Se você é uma pessoa sedentária, recomenda-se que comece a se mexer urgente! Caminhadas e corridas são bem-vindas e se possível, subir umas escadarias também ajudará bastante. Mas também não adianta começar uma semana antes.

Outra dica adicional (e não substitutiva) é começar a tomar aspirina e Gingko Biloba alguns dias antes e durante a viagem (consulte seu médico sobre isso).

Meses antes da minha primeira viagem a uma cidade de altitude elevada visitei um clínico geral e fiz um check-up completo, incluindo diversos exames de sangue, cardíacos e respiratórios e saí de lá com uma lista de medicamentos para aliviar os sintomas que me foram muito úteis em momentos críticos. Evite a automedicação.

Durante a viagem

Se houver tempo, suba aos poucos. Pare numa cidade de altura intermediária e vá se ambientando. Se não for possível, evite atividades mais puxadas no primeiro dia, descanse e faça apenas leves caminhadas. Não tente “forçar” nada, você pode estar bem até então, mas uma atividade mais pesada nesse período pode gerar uma crise.

Muito cuidado com a alimentação. Coma apenas alimentos leves e evite exagerar na quantidade. Beba bastante líquido e evite bebidas alcoólicas. Seu corpo está lidando com condições completamente distintas, tudo nele funcionará de maneira diferente na luta por se adaptar, portanto, seu metabolismo também será afetado. Gases e condições estomacais e intestinais adversas não são incomuns, por isso, muito cuidado para que uma dor de barriga não te deixe de castigo no hotel.

Alimentos que contêm cafeína costumam ajudar. Nos países da América do Sul é muito comum consumir derivados da folha da coca, como chá, matte, balas ou até a própria folha. Esses você pode consumir em abundância.

No Peru existem umas pílulas específicas para o soroche, vendem em qualquer farmácia. Para a falta de ar há uma bombinha de oxigênio bem pequena, cabe no bolso. Disponível em qualquer farmácia também.

Se nada disso resolver e ainda assim você se sentir mal, não há poção mágica que resolva. O ideal é se deitar e esperar passar. Se necessário, tome algum medicamento previamente receitado pelo seu médico. Respeite os seus limites.

Se os sintomas forem muito intensos e persistirem por mais de quatro dias, recomenda-se procurar um médico.

Leia mais em http://www.altitudemedicine.org/index.php/altitude-medicine/for-healthcare-providers (inglês)

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s